segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Obrigada açougueiro Jonas!

O difícil foi encontrar o tal do cordão do filé mignon. Acreditem: nem nos supermercados, nem no Mercadão da Lapa, nem no Mercado Central, encontramos um açougue que tivesse ou uma peça de filé mignon inteira, com cordão e tudo, nem os tais cordõezinhos separados. Que diabos andam fazendo com essa peça da carne que é o ingrediente principal do tal sanduíche que vimos em Firenze? O salvador da pátria foi o simpático Jonas, do supermercado Mambo aqui da Lapa, que entendendo a aflição dos cozinheiros, arrumou o tal corte de carne. Mas foi só um! Bom, rendeu o aperitivo do feriadão.
Ingredientes
1 baguete
1 cordão de filé mignon
Bacon fatiado
Sal, pimenta do reino e azeite
Alecrim fresco em galhos

Como fazer
1) Deixe a carne por alguns minutos em uma mistura de azeite, sal, e pimenta do reino.
2) Abra o pão ao meio. Usamos a baguete com parmesão, mas pode ser qualquer pão gostoso, com miolo (depois você vai entender)
3) Coloque a carne dentro do pão, regue com o azeite da marinada e distribua sobre elas algumas folhas de alecrim.
4) Feche o pão, cubra com fatias de bacon, coloque o galho de alecrim e prenda com o barbante de uso culinário (eu uso esse de algodão, que serve para tudo). Coloque em uma assadeira. O papel manteiga evita que as preparações grudem no fundo da assadeira e facilita a lavagem da mesma.
5) Leve ao forno pré-aquecido por cerca de 30 a 40 minutos. A temperatura não deve ser muito alta, cerca de 180 graus.
6) Retire do forno quando o bacon estiver tostadinho, mas não queimado, e sirva.
Bom, o genial dessa receita é que o caldinho da carne temperada com azeite e alecrim se mistura ao pão de um jeito fantástico. Por isso precisa de miolo. O sabor é sensacional!
Olha o que sobrou....
Postado por Alê

Um comentário:

Anônimo disse...

Ahhhhhh, delícia!