quinta-feira, 23 de julho de 2009

Bolinho caipira, o resgate

Depois de uma tentativa desastrada, consegui as proporções corretas dos ingredientes do bolinho caipira que postei aqui há alguns dias. É fácil mesmo, rende muito e tem que ser comido na hora para não perder a graça. Meu erro da primeira vez foi usar farinha de millho branca, que era o que tinha em casa. Fica ótimo para praticar tiro ao próximo: duro que nem pedra. Tem que ser farinha de milho amarela. Essa receita rende 15 bolinhos e para ter porções maiores basta dobrar os ingredientes.

Ingredientes
Massa
2 xícaras de farinha de milho amarela
3/4 de xícara de água fria
1 colher de sopa de cheiro verde picado
1 colher de café de sal
óleo de cereais para fritar
Recheio
80 g de carne moída refogada com cebola, cheiro verde, sal e pimenta, bem sequinha.

Como fazer
1) Misture todos os ingredientes da massa e amasse bem. Não se preocupe se ficar molenga. Essa massa precisa descansar no mínimo meia hora e, enquanto a farinha absorve a água, ela endurece um pouco.
2) Abra pequenas porções da massa na palma da mão e coloque uma colherzinha de recheio
3) Feche com delixadeza para formar um croquete.

4) Frite aos poucos em óleo quente. Coloque os bolinhos dentro da frigideira com cuidado e vire-os com uma espátula fina. Atenção: eles tendem a grudar no fundo da frigideira!
Postado por Alê

4 comentários:

Anônimo disse...

receita aprovadissima, é uma delícia e a casquinha fica super sequinha..... eu recomendo!!!

dani! disse...

como é muuuuuuito bom recomendo dobrar a receita se for servir mais de 2 pessoas.... só pra garantir!

Alessandra disse...

Obrigada! Se quiser variar experimente usar como recheio peixe cozido e desfiado. Pode ser a sobra daquela tainha assada ou do bacalhau! Fica delicioso!

Alessandra disse...

Ah! E volte sempre! A cozinha aqui tem cardápio novo toda semana!