terça-feira, 12 de maio de 2009

Comfort food I - Picadinho

Por definição é o tipo de comida reconfortante, farta, aquela que traz lembranças de infância e, como aquele deputado, pouco se lixa (para as calorias). Adoro essa receita por duas razões: é fácil de executar e suja só uma panela. Fiz na semana passada, numa noite de garoa quando os termômetros aqui em Jacareí marcavam 15 graus. Caiu muito bem. Não sei qual corte de carne era: comprei no supermercado e no rótulo, na bendejinha, estava escrito "Carne cubos / panela". Acho que eram aparas de coxão, peito e alcatra, todas apropriadas para esse preparo.

Picadinho para duas pessoas

Ingredientes
500 a 600 gr de carne bovina em cubos
100 gr de bacon
100 ml (1 copo pequeno) de vinho tinto
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 cebola grande
1 cenoura
100 gr. de champignons frescos ou em conserva
2 dentes de alho
1 colher de sopa de azeite
Salsinha, cebolinha, alecrim, louro, sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer
1) Raspe e corte a cenoura em rodelas grandes (2 dedos).
2) Pique a cebola e os dentes de alho.
3) Corte o bacon em cubos pequenos (1 cm).
4) Coloque a carne em um prato e envolva os cubos na farinha de trigo.
5) Leve a panela de pressão ao fogo e coloque nela o azeite.
6) Quando esquentar, coloque aí os cubos de carne e deixe tostar de todos os lados.
7) Acrescente em seguida o bacon, a cebola e o alho. Tempere com o sal e a pimenta do reino.
8) Deixe cozinhar em fogo baixo, até que a cebola amoleça.
9) Junte o vinho tinto e mantenha a panela aberta até o alcool evaporar.
10) Coloque na panela as cenouras cortadas, o louro (1 a 2 folhas) e o alecrim.
11) Regue tudo com mais um copo de água (100 ml.), misture e tampe a panela de pressão.
12) Quando começar a ferver ( e a panela de pressão apitar) conte 25 minutos.
13) Tire a panela do fogo, leve-a até a pia e deixe escorrer água sobre a tampa até o vapor parar de sair da válvula.
14) Abra a panela e verifique a consistência da carne. Se ainda estiver resistente, volte ao fogo por mais alguns minutos. Se já estiver macia, junte os champignons, salsinha e cebolinha picada, corrija o sal e cozinhe com panela aberta por mais 5 minutinhos.

Obs. Gente: a panela de pressão é nossa amiga! Juro! Já ouvi histórias horrorosas de artefatos que explodiram, de incêndios provocados pelas mesmas. O importante é não encher demais, não deixar a válvula entupir (e você sabe que está entupida quando não sai vapor nenhum) e nunca abrir a tampa durante o cozimento. Ah, e compre uma panela boa.

Obs2. Para um verdadeiro prato único, junte umas três batatas descascadas junto com as cenouras ao preparo. Eu estava com vontade de comer polentina (é, tem diferença entre polenta e polentina... depois explico) e fiz de acordo com as instruções da embalagem um tantinho, bem molinha, para comer com o molho do cozimento da carne.

Nenhum comentário: